Venom 2 quebra recorde de bilheteria da pandemia

“Venom: Tempo de Carnificina” já é um sucesso de bilheteria. O longa de Andy Serkis chegou aos cinemas norte-americanos na última sexta-feira (1º) e já atingiu a bilheteria de US$ 90 milhões nos Estados Unidos. O marco fez com que o filme tivesse a melhor abertura norte-americana durante a pandemia. Segundo análise do portal IndieWire, o filme “funcionou como se as condições pandêmicas não existissem”, já que conquistou quantia semelhante ao período anterior à pandemia.

+ Eternos: novo filme da Marvel revela mais um teaser; confira

Lançado em 2018, o primeiro filme da franquia foi uma das produções de maior bilheteria dos últimos anos. Apesar das críticas mornas da imprensa especializada, o projeto encerrou sua jornada nos cinemas com o acúmulo de US$ 856,1 milhões. A sequência segue em ritmo intenso para repetir ou superar o feito. Inspirada nos quadrinhos do Homem-Aranha, a trama acompanha a evolução do relacionamento entre Eddie Brock (Tom Hardy) e Venom. Durante esse processo, um rival ameaçador surge: o violento e desequilibrado Carnificina (Woody Harrelson). No Brasil, a estreia está marcada para esta quinta-feira (7).

Fonte: Papel Pop | Foto: Divulgação