Vendas de vinil registram maior alta desde os anos 1990

À medida que os fãs de música gastaram grande parte do confinamento descobrindo novas canções, as vendas de vinil registraram uma grande elevação em vendas neste ano de 2020. O BPI, organização que representa a indústria da música do Reino Unido, informou nesta terça-feira (29) que a venda de LPs ao longo do ano atingiu a casa de 4,8 milhões. A alta de 10% em relação a 2019 marca um recorde do século XXI e o maior total desde o início dos anos noventa. Enquanto o streaming ainda representa 85% do consumo de música, os fãs parecem estar cada vez mais procurando outras maneiras de desfrutar de suas músicas favoritas.

+ Slash cogita lançamento do Guns N’Roses em breve

Os álbuns de vinil agora representam quase um em cada cinco álbuns comprados no Reino Unido, com vendas gerando o dobro de receita para a indústria do que plataformas de streaming de vídeo de música, como o YouTube. Entre os discos de vinil mais populares vendidos nos últimos 12 meses estão os clássicos Rumours, do Fleetwood Mac, Back to Black, de Amy Winehouse, Nevermind, do Nirvana, e (What’s the Story) Morning Glory, do Oasis. No entanto, álbuns mais recentes também venderam bem em formato de vinil, incluindo o novo disco do AC/DC, Power Up, e Ultra Mono,  do IDLES. A lista final do BPI com os discos de vinil mais vendidos de 2020 vai ser oficialmente publicada em 4 de janeiro, mas aqui está a prévia:

  • 1. Fleetwood Mac – Rumours
  • 2. Oasis – (What’s the Story) Morning Glory?
  • 3. Amy Winehouse – Back To Black
  • 4. Nirvana – Nevermind
  • 5. Harry Styles – Fine Line
  • 6. Kylie Minogue – Disco
  • 7. AC/DC – Power Up
  • 8. Queen – Greatest Hits
  • 9. IDLES – Ultra Mono
  • 10. Arctic Monkeys – Live at the Royal Albert Hall

Fonte: Rádio Rock | Foto: Divulgação