Um Lugar Silencioso – Parte II bate recorde de bilheteria

No início de março deste ano, “Godzilla vs. Kong” superou as expectativas da indústria cinematográfica e marcou a maior bilheteria desde o início da pandemia do coronavírus. O sci-fi arrecadou US$ 32 milhões durante o primeiro fim de semana de estreia nos Estados Unidos. Agora, o título foi transferido para “Um Lugar Silencioso – Parte II”. De acordo com dados divulgados pela Variety, o novo filme acumulou US$ 48 milhões entre sexta-feira (28) e domingo (30) no território norte-americano. Esse foi o maior registro de uma estreia em três dias nesta era pandêmica, sinalizando o retorno dos cidadãos aos cinemas após a vacinação contra o vírus.

+

A expectativa é que a bilheteria chegue a ​​US$ 58 milhões após contabilizar as exibições desta segunda-feira (31), quando os estadunidenses comemoram o feriado Memorial Day e têm o dia livre para matar a saudade das telonas. A nível internacional, o longa-metragem alcançou US$ 22 milhões – com US$ 14,9 milhões vindos apenas da China. “Cruella”, que também chegou aos cinemas e simultaneamente ao catálogo da Disney+ pelo Premier Access na última sexta-feira, computou US$ 21,3 milhões neste primeiro fim de semana nos Estados Unidos. A indústria projeta US$ 26,5 milhões em quatro dias de estreia, marcando uma diferença expressiva em comparação aos números de “Um Lugar Silencioso – Parte II”. Dirigido por John Krasinski, a sequência de “Um Lugar Silencioso” (2018) acompanha a história da família Abbott e de perigosas criaturas de audição aguçada. O terror está previsto para chegar à plataforma de streaming Paramount+ em julho.

Fonte: Papel Pop | Foto: Divulgação