UCS reabilita pacientes pós-infecção por Covid-19

A Universidade de Caxias do Sul realiza a oferta de atendimentos de reabilitação para tratar pacientes que, após a infecção por Covid-19, apresentem sequelas da doença como perda da capacidade pulmonar ou cardíaca, fraqueza muscular e prejuízo psicológico. O projeto do Centro de Reabilitação, já em fase piloto, está inserido no contexto do Centro Clínico (Ceclin) da UCS, com atividades sediadas no Bloco 70, na Clínica de Fisioterapia e no Instituto de Medicina do Esporte, no Campus-Sede.

+ Stephen King ajuda crianças a publicarem livro

Visando à qualidade de vida da comunidade na redução das sequelas da doença a partir da identificação e da reabilitação específica, a iniciativa contemplará, além de medicina (também em sua especialidade voltada ao esporte), áreas como educação física, fisioterapia, enfermagem, psicologia, nutrição e serviço social. O monitoramento da melhora dos pacientes também será viabilizado por exames como espirometria e teste cardiopulmonar do exercício, que aferem a funcionalidade cardiopulmonar.

+ Almanaque de Música UCSfm | 11 de fevereiro

Os serviços envolvem acadêmicos dos cursos de Ciências da Vida, residentes de Medicina, professores e profissionais contratados do Ceclin e equipe multiprofissional. No primeiro momento, a demanda ocorrerá de forma espontânea, partindo dos pacientes. Posteriormente, é projetado o envolvimento dos órgãos de saúde municipais para encaminhamentos. Os agendamentos já são possíveis a partir do telefone (54) 3218-2776. Há custo associado para a viabilização do atendimento multiprofissional que se propõe diferenciado ao público afetado pela doença. Para possível ampliação do acesso aos serviços, o projeto está aberto a parcerias.

Foto: Claudia Velho

Central de Conteúdo UCSfm