UCS integra lista das Melhores Universidades pelo 3º ano consecutivo

Com a elevação de resultados em quatro de cinco áreas avaliadas (Ensino, Pesquisa, Citações Científicas e Transferência de Conhecimento) em relação ao levantamento anterior, a Universidade de Caxias do Sul foi incluída, pelo terceiro ano consecutivo, na lista das melhores universidades do mundo, elaborado pela revista britânica Times Higher Education (THE). A publicação, a mais prestigiada do mundo sobre Ensino Superior, produz anualmente diversos rankings de avaliação das instituições de ensino em níveis continental e mundial. Os resultados da nova pesquisa World University Rankings – que apresenta a classificação válida para 2022 – foram divulgados na quinta-feira, 1º de setembro.

+ Erasmo Carlos vence Covid-19 e tem alta do hospital

Foram avaliadas 2.112 universidades de todo o mundo. Deste total, 1.662 Universidades foram ranqueadas e outras 452 não atenderam os critérios de elegibilidade para serem classificadas na lista final. O Brasil teve 70 instituições avaliadas, sendo que 59 ingressam no ranking. Do Rio Grande do Sul foram classificadas sete instituições: quatro comunitárias ou privadas (entre as quais a UCS) e três públicas. A UCS ficou classificada na faixa acima da posição 1.200, assim como as demais de mesmo porte do Estado. O desempenho da UCS nos últimos três levantamentos mostra uma melhoria contínua, desde 2019, nos critérios de Ensino, Pesquisa e Citações. A pontuação em Transferência de Conhecimento, que havia decaído no ano passado em relação ao anterior, voltou a subir. Apenas o item Internacionalização, que havia crescido de 2019 para 2020, apresentou queda na nova avaliação.

Pandemia influenciou pesquisas

De acordo com a THE, os resultados do World University Rankings 2022 revelam que a pandemia começou a mudar o desempenho global do ensino superior. As universidades que publicaram pesquisas de alto impacto sobre a Covid-19 subiram na tabela classificativa, caso da China, que agora tem duas universidades entre as 20 melhores pela primeira vez e um total de dez instituições entre as 200 melhores. Segundo os líderes de algumas das melhores universidades do mundo ouvidos pela revista, a condução das instituições pós-Covid deve influenciar o futuro do ensino, pesquisa, transferência de conhecimento e internacionalização. Nos próximos dois meses, outras 11 classificações específicas, a partir dos dados do levantamento, serão divulgadas pela revista.

Central de Conteúdo UCSfm