UCS e HG apresentam ventilador pulmonar desenvolvido por voluntários

Se depender do engajamento de um grupo de engenheiros, técnicos e empresários, da Universidade de Caxias do Sul, por meio do Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação (TecnoUCS) e do Hospital Geral (HG), os hospitais de campanha a serem instalados na região para o recebimento de pacientes da Covid-19 vão receber, gratuitamente, ventiladores pulmonares desenvolvidos e produzidos inteiramente por um trabalho conjunto de professores e voluntários. O aparelho foi apresentado nesta quinta-feira (8), no auditório do hospital, para autoridades, empresas, entidades e imprensa, e em live aberta transmitida pelo facebook da UCS e pelo Youtube do HG. O jornalista Eduardo Borile Júnior fez um resumo do evento no programa Café com Notícias desta sexta-feira (10). Ouça na íntegra:

O diretor-geral do HG Sandro Junqueira enfatizou três pilares que conduziram o trabalho da instituição hospitalar (ouça no áudio). Em seguida, o prof. Enor Tonolli, coordenador do TecnoUCS, explicou o roteiro do produção de produção do ventilador pulmonar que teve início no dia 24 de março e envolveu diretamente 10 voluntários, além de dezenas de voluntários indiretos (todas as empresas envolvidas são citadas abaixo), que trabalharam cerca de 1.500 horas, durante 12 dias ininterruptos (ouça no áudio). Na sequência, o coordenador do curso de Engenharia Mecânica da UCS, prof. Enor Tonolli, explanou as especificações técnicas do equipamento e destacou que a expectativa é produzir 300 unidades que podem ser desenvolvidas em até 5 semanas (ouça no áudio).

+ “População não entendeu a gravidade do vírus”, alerta infectologista

O diretor técnico do Hospital Geral, Dr. Alexandre Avino, ressaltou que, embora o equipamento seja mais simples que os produzidos atualmente, o respirador pulmonar desenvolvido pela UCS em parceria com voluntários, cumpre a função de preservar a vida de pacientes em estado crítico de saúde acometidos pela Covid-19 e portadores do coronavírus. Avino também destacou que as equipes vão ser treinadas para operar esses equipamentos com eficiência (ouça no áudio). Por fim, o empresário português Hugo Souza, representante dos voluntários que contribuíram com o projeto, salientou o engajamento da região que auxiliou para que o ventilador pulmonar fosse desenvolvido em 12 dias (ouça no áudio). No encerramento do evento, o prof. Enor Tonolli, coordenador do TecnoUCS, refletiu acerca da pandemia que estamos vivenciando bem como a importância da ciência e a pesquisa no desenvolvimento do Brasil e, em especial, na Serra Gaúcha. (ouça no áudio)

Empresas envolvidas no projeto e desenvolvimento:

  • COMLINK – Equipamentos Eletrônicos
  • DOBER – Máquinas Especiais
  • DOBER – Engenharia e Automação
  • PRIMASERRA – Automação e Inovação
  • BETTONI – Sistemas para Plásticos
  • ZEXTEC – Consultoria Industrial

Empresas e pessoas físicas que apoiaram o projeto com acessórios, serviços e suporte técnico: Acrilys, Continental Ferramentas, Domo House, D’Zainer, Eberle Motores, Empresas Randon, Fadanelli Atelier, Ícone Projetos Design, Grendene, Mantova, Marcopolo, New Tech Company, SEI Informática, Sildre, Schumacher, Sulmax, Upaccess, ViezzerEngenharia, VSI Systems, Frion Ltda, Turmina Serviços, Mecânica Cecconi, Eng. Marcio Cattani, Eng. Ricardo Pastore, Refrigeração Gregolon, Gerry A. Schmitd, Felipe Luis Malvestido, Ceccilia Callai, Claudio Zardo, Leonardo Bortoluz, Tiago Boreli, Padre Diego Bettoni e JAK Fotogravuras.

Foto: Emerson Pereira

Central de Conteúdo UCSfm