U2 volta ao palco em show com realidade virtual e setlist ousado

O U2 deu início ontem (2) a mais nova turnê na cidade americana de Tulsa. Foi um concerto longo (27 músicas) com muito material novo – 12 canções dos dois álbuns mais recentes – e a opção por revisitar porções mais obscuras ou há muito deixadas de lado dos álbuns anteriores ao invés dos grandes hits.

Visualmente, a maior novidade foi o uso de efeitos de realidade virtual em alguns momentos do concerto que podem ser vistos baixando um aplicativo especial.

A estrutura, segundo reportagem feita pela edição americana da Rolling Stone, é bastante semelhante ao da “Innocence + Experience Tour” de 2015, com uma grande tela dividindo o palco ao meio e um momento mais intimista na segunda metade do espetáculo.

Nessa primeira noite, a banda deixou de fora toda e qualquer canção de “The Joshua Tree”, ou seja nada de “With Or Without You” ou “Where The Streets Have No Name”. Não que tenha sido um show apenas de obscuridades e canções recentes – “One”, “Pride (In The Name Of Love)”, “Beautiful Day” foram tocadas.

Mas a preferência foi mesmo por material pouco ou nunca tocado. E aí, quem gostou foram os fãs de longa data que puderam ouvir “Acrobat” (do fundamental “Achtung Baby” de 1991) tocada ao vivo pela primeira vez na história da banda, e os retornos de “Who’s Gonna Ride Your Wild Horses” (do mesmo álbum) ou “Staring At The Sun” (do pouco lembrado “Pop” de 1997) depois de 12 e 17 anos respectivamente. Outra surpresa foi “The Ocean”, raridade de “Boy”, a estreia deles de 1980.

Quem também fez um retorno foi o personagem Macphisto, o personagem criado por Bono para a Zoo TV tour de 1992/1993.

O U2 seguirá mostrando o novo show em arenas da América do Norte até julho. De agosto a novembro será a vez deles percorrerem a Europa, novamente apenas em locais fechados. Ainda não há planos para que eles retornem ao Brasil com essa excursão.

Veja abaixo alguns vídeos feitos por fãs na noite de ontem:

Fonte: Vagalume