The Verve: disputa por direitos de clássico vai virar filme

Richard Ashcroft, vocalista do The Verve, revelou numa entrevista ao Daily Express, que a Netflix quer fazer um documentário sobre a disputa de direitos autorais pela canção “Bitter Sweet Symphony”, maior sucesso já produzido pela banda. O hit foi o centro de uma batalha entre o Verve e o ex-empresário dos Rolling Stones Allen Klein desde o lançamento nos anos 1990. Somente em maio de 2019 os Stones deram os royalties e os direitos da música para Ashcroft.

+ Evanescence faz cover de Linkin Park com Lzzy Hale (Halestorm)

A maneira como a música voltou para mim foi fantástica. Eu vi um roteiro absolutamente incrível que a Netflix pode fazer sobre ‘Bitter Sweet Symphony’… É uma visão de quão longe da realidade isso [briga por direitos autorais] pode ir”, disse o cantor

“Bitter Sweet Symphony” integrou o terceiro álbum do “The Verve Urban Hymns” e foi lançada como single em junho de 1997. A música foi baseada num trecho da Andrew Oldham Orchestra para a música dos Rolling Stones, “The Last Time”, de 1965. O acordo era usar um número de notas e acordes, mas como, supostamente, o Verve utilizou um trecho maior, rolou um processo que impediu que Ashcroft, mesmo tendo escrito toda a letra, jamais recebesse dinheiro por ela. O que jogou a favor do The Verve no processo é que a própria canção dos Rolling Stones “The Last Time” é uma adaptação de “This May Be The Last Time”, gravada em 1956 pelo The Staple Singers.

Fonte: Rádio Rock | Foto: Divulgação