StartUCS abre inscrições para desenvolvimento de negócios inovadores

Estão abertas, até 22 de julho, as inscrições para o Programa StartUCS voltado ao desenvolvimento de negócios inovadores. Para participar, é preciso ser aluno de graduação ou pós-graduação Lato ou Stricto Sensu, professor, funcionário ou egresso da UCS. A oportunidade gratuita é válida para empreendedores da comunidade de abrangência da Universidade. Nesta edição, vão ser selecionadas até 15 iniciativas que aportem inovação tecnológica, de produto ou processos. Dentre os critérios, a ideia inovadora de produto, serviço ou modelo de negócio precisa estar em fase de criação ou ideação, ou seja, ainda não consolidada.

+ Titãs ganhará documentário especial no Star+ em julho

As propostas vão ser classificadas conforme os critérios de avaliação da equipe (formada por duas a seis pessoas); grau de inovatividade; e aderência às áreas prioritárias desta edição: nanomateriais, biotecnologia, indústria 4.0, melhorias nas cidades (smart cities) e indústria de games. Para além desses temas, ideias voltadas a outras áreas também poderão participar. A programação prevê a realização de encontros presenciais e/ou on-line com mentores voluntários do mercado para oportunizar aos participantes o aprimoramento dos projetos. As atividades do Programa StartUCS, na sede do Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação – TecnoUCS, ocorrem de 1º de agosto a 16 de dezembro de 2022. Os projetos que formarem empresas devem dar início ao processo de incubação na ITEC/UCS – Incubadora Tecnológica da Universidade. Acesse o edital para a candidatura.

StartUCS

Vinculado ao Ecossistema Empreendedor da UCS, o StartUCS é um programa de incentivo à criação de novos negócios, focados em tecnologia e inovação, com ações de pré-aceleração embasadas em orientação de mentores e na interação direta com o mercado. O processo se desenvolve nas etapas de consolidação dos modelos de negócio; execução da prototipagem e validação técnica e comercial da proposta; e constituição da empresa, com possibilidades de incubação e investimento externo. | Foto: Claudia Velho

Central de Conteúdo UCSfm