Selena Gomez contata líderes mundiais e cobra vacinas

Selena Gomez usou o Twitter para convocar líderes de países como Itália, Espanha, Estados Unidos e Nova Zelândia para fazerem mais pelo combate à pandemia. A intenção da artista era melhorar a equidade no acesso à vacina contra a Covid-19. De forma pública, Selena contatou várias pessoas pedindo doações de vacinas remanescentes ou dinheiro para países mais vulneráveis. Emmanuel Macron, presidente da França, por exemplo, agradeceu a mensagem da cantora e disse que já está está tomando algumas medidas em relação ao assunto.

+ Babu Santana lança selo musical para talentos nacionais

Querida Selena Gomez, obrigada por levar essa mensagem crucial a todos os líderes. A França já começou a enviar suas primeiras doses de vacina para a África por meio do Covax e é apenas o começo. Obrigado por espalhar a palavra! Vamos ajudar aqueles que têm menos. Agora”, disse o líder francês

Tudo acontece depois que a artista foi anunciada como a responsável por comandar uma live beneficente em prol da vacinação. Intitulado “Vax Live: The Concert to Reunite the World”, o espetáculo promete ir ao ar no próximo dia 8 de maio. Ele é fruto de uma parceria entre Selena e a Global Citizen. A organização internacional de educação e defesa, que trabalha para erradicar a pobreza extrema, também espera que, durante o especial, organizações filantrópicas façam doações para a compra de vacinas para mais de 27 milhões de profissionais de saúde que atuam na linha de frente da pandemia em algumas das nações mais pobres do mundo.

Fonte: Papel Pop | Foto: Divulgação