Rock está dominando as paradas no Reino Unido; entenda

O Rock definitivamente não morreu lá no Reino Unido. Enquanto o estilo tem dificuldades para subir nas paradas em vários países, principalmente os Estados Unidos, os britânicos têm celebrado bandas e artistas do gênero com maestria. Só neste ano, cinco discos de Rock já chegaram ao topo das listas. Os álbuns Suckapunch, do You Me at Six; Post Human: Survival Horror, do Bring Me the Horizon; Medicine at Midnight, do Foo Fighters; As the Love Continues, do Mogwai; e For That Wish to Exist, do Architects, todos conseguiram o primeiro lugar da Official Charts só em 2021. Enquanto isso, nos Estados Unidos apenas o AC/DC e Machine Gun Kelly conseguiram esse feito, ficando apenas uma semana cada um no topo. O BTS, com o novo Be, foi o responsável por destronar a banda australiana.

+ Documentário sobre Tina Turner ganha trailer; assista

É muito interessante notar como o mercado britânico da música é plural. Recentemente a jovem artista Olivia Rodrigo explodiu no mundo todo com o single “drivers license”, que tem uma abordagem bastante pop com influência do indie. Segundo a Loudwire, quando o single chegou ao topo das paradas pela oitava semana seguida, o álbum mais vendido por lá era o da banda escocesa Mogwai, conhecida pelo post-rock, canções instrumentais e canções nada “fáceis” para o público em geral. No ano passado o saldo também foi positivo. Ao longo do ano, 15 artistas do gênero chegaram ao topo no Reino Unido, entre eles Green Day, Bruce Springsteen, Biffy Clyro, Yungblud, The 1975 e Paul McCartney. Você pode ficar por dentro das movimentações da indústria britânica da música seguindo o Official Charts, equivalente deles à Billboard.

Fonte: TMDQA | Foto: Divulgação