Rihanna participa de protesto contra discriminação asiática

Nesta segunda-feira (5), Rihanna foi vista participando de um protesto do movimento “Stop Asian Hate” em Nova York, nos Estados Unidos. Em fotos publicadas pela amiga Tina Truong, a artista aparece segurando cartazes enquanto marcha pelas ruas da cidade. A campanha contra a discriminação e violência em relação à comunidade asiático-americana nos Estados Unidos ganhou força pelas redes sociais nas últimas semanas, depois de um cruel ataque que aconteceu em Atlanta, no estado da Geórgia, resultando na morte de duas mulheres de ascendência chinesa e quatro sul-coreanas.

+ Quindon Tarver, de Romeu + Julieta, morre aos 38 anos

O acirramento da onda de xenofobia e racismo coincide justamente com o início da pandemia de Covid-19, cujo primeiro epicentro foi a cidade de Wuhan, na China. A forma como as informações sobre a doença foram divulgadas no início do ano passado é apontada como uma das principais causas do problema. Rihanna já tinha se manifestado sobre o assunto nas redes sociais em 18 de março.

O que aconteceu ontem em Atlanta foi brutal, trágico e certamente não é um incidente isolado de forma alguma. O ódio a AAPI (comunidade asiático-americana e das Ilhas Pacíficas) tem sido perpetuado de maneira desenfreada e é nojento! Estou de coração partido pela comunidade asiática e meu coração está com os entes queridos daqueles que perdemos ontem. O ódio tem que parar”, publicou no Instagram.

Fonte: Papel Pop | Foto: Divulgação