Recheado de música e imaginação, ‘Rocketman’ estreia nos cinemas

Cinebiografias musicais nunca estiveram tão alta. Depois do sucesso de Bohemian Rhapsody, onde a história de Freddie Mercury foi levada às telas e conquistou quatro prêmios Oscar este ano – incluindo Melhor Ator para Rami Malek – mais um grande artista britânico chega aos cinemas. Rocketman estreia nesta quinta-feira (30) trazendo a ascensão, a queda e os excessos na carreira e na vida pessoal do cantor Elton John. O longa fez a primeira exibição, recentemente, no Festival de Cannes e recebeu ótimas críticas, especialmente para o ator Taron Egerton, que interpreta John na tela. O britânico de 29 anos não só emprestou o corpo, mas a voz para o filme ao cantar todas as músicas compostas na trilha sonora. Inclusive o ator dividiu os vocais com Elton John em Rocketman em uma aparição especial no festival francês.

+ Bruno Mars participará de novo álbum colaborativo de Ed Sheeran

Dirigido pelo mesmo responsável por assumir Bohemian Rhapsody faltando duas semanas para o fim das filmagens, Dexter Fletcher garantiu que Rocketman não é uma biografia oficial, mas uma compilação de lembranças do próprio cantor.

Não estamos fechados, restritos aos fatos. Tivemos a liberdade da imaginação, que é muito mais importante para um filme. Foi muito libertador ter Elton como nosso narrador”, destacou.

O cineasta também garantiu que o filme não “disfarça” a homossexualidade de Elton John.

Não há nada para ter vergonha”, afirmou Fletcher garantindo que o longa aborda o primeiro amor de Elton, declarado abertamente homossexual em 1988.

Rocketman explora a ascensão do cantor e compositor, assim como sua frutífera relação de trabalho com Bernie Taupin, que escreveu as letras de várias canções dele. Os dois se conheceram ao responder a um anúncio publicado por uma gravadora de Londres em 1967, quando o cantor, cujo nome verdadeiro é Reginald Kenneth Dwight, tinha 29 anos e adotou o nome artístico de Elton Hercules John. Elton John vendeu mais de 300 milhões de discos no mundo, fez mais de 3,5 mil shows e venceu diversos prêmios, incluindo um Oscar em 1995 pela canção Can You Feel the Love Tonight, composta para a animação O Rei Leão. No ano passado, o cantor e compositor anunciou que se aposentaria após uma turnê de despedida de três anos para passar mais tempo com seus filhos.

Fonte: Correio do Povo | Foto: Divulgação