Produtor brasileiro cria trilha sonora para fotos e o resultado é incrível

Caso você seja uma pessoa extremamente musical, é provável que associe muitas coisas do dia a dia a canções específicas.

Pode ser que você até que crie canções na sua cabeça para essas ocasiões, como fez o produtor musical curitibano Bruno, que começou recentemente o projeto And Still I Hear It, no qual ele cria trilhas sonoras baseadas em fotografias postadas no Instagram.

Ele falou um pouco sobre a iniciativa:

“A ideia é tentar traduzir o sentimento que essas imagens me passam por meio da música. Eu também sempre peço para que os fotógrafos escrevam algumas palavras — pode ser um micro conto, poema ou só uma legenda — que tenham a ver com a foto, para que eu poste junto com as canções. É uma forma de colocar em perspectiva como um mesmo elemento — nesse caso uma imagem — desperta diferentes subjetividades em cada um.

“Sabe esses dias típicos de verão? Muito sol, muito calor, e aquela baita chuva no fim da tarde. Eu estava trabalhando no computador há horas. A intensidade da chuva me fez parar um pouco. Tudo molhado lá fora, a chuva havia parado. Sem pensar muito, peguei a câmera e fui dar uma volta, respirar um pouco Quando me aproximei dessas árvores, fiquei um tanto surpreso. As gostas pós-chuva caindo das folhas. Tudo ao redor respirava essa atmosfera no pôr do sol, o que me apressou para registrar as imagens. Engraçado que trabalhava em projetos mais longos – leia-se, tarefas burocráticas – e pensando exaustivamente sobre imagens poéticas. Assim acabo fotografando menos de forma espontânea. E em meio a todo esse estresse, somado às más notícias recentes, quis compartilhar esse “respiro”. Para as árvores, todo banho é de chuva.” . Photo and caption by @vino.camera Music by @_asihi . Full song at my soundcloud (link in bio)

Uma publicação compartilhada por And Still I Hear It (@_asihi) em

” O que te faz reduzir o passo? O que te faz parar e admirar? Fotografar pessoas na rua, assim, é ver sincronia em seus movimentos nada coordenados, observar seus trajetos que se cruzam, formam linhas imaginárias e compõem a paisagem humana da cidade – que nunca é a mesma. Dura um segundo. É perceber que às vezes se esbarram. É ver beleza naquela fração de segundo que algo surge e faz com que a pessoa PARE. Rompe o fluxo de pensamento que exige sempre correria e pressa. E que, por alguns segundos, permite um breve estado de contemplação. Pode ser um anúncio, um cachorro, uma cena, alguém. Uma flor roxa. Uma vitrine de doces. E, depois desse instante, cada um segue seu rumo. Voltam a seguir seus caminhos, trilhar suas linhas e formar parte da teia que nos une e nos separa todos os dias.” . Photo and caption by @jmirely Music by @_asihi . Swipe left to hear the full song. Also avaiable on my soundcloud (link in bio). . This might be my favorite one so far. . #nostalgia #music #musiclovers #instamusic #europe #candycolors #streetphotography #streetphoto

Uma publicação compartilhada por And Still I Hear It (@_asihi) em

Fonte: TMDQA!