Polícia encontra 30 músicas inéditas de Renato Russo

A Polícia Civil do Rio de Janeiro apreendeu, nesta segunda-feira (26), um relatório com 30 músicas inéditas de Renato Russo, cantor icônico da banda Legião Urbana. As letras foram encontradas em dois estúdios de gravação e na residência de um produtor musical, no Centro e na Zona Sul do Rio. As informações são do jornal O Globo. Tais descobertas aconteceram durante a Operação Será, cujo nome é uma referência a um dos sucessos da banda Legião Urbana. Também foram apreendidos HDs e foi realizada uma busca por gravações que poderiam ter sido feitas por Renato Russo antes de morrer.

+ Oscar 2021 | Steven Yeun pode ser 1º asiático indicado

A operação foi criada para investigar a suposta existência de trabalhos inéditos do cantor, que morreu em 1996 devido às complicações do HIV. Segundo o Jornal de Brasília, há quase um ano, o filho do cantor e detentor dos direitos autorais do pai, Giuliani Manfredini, denunciou que estariam ocultando canções nunca gravadas pelo cantor. A denúncia foi feita por Manfredini após receber, nas redes sociais, mensagens de um perfil falso que dizia ter canções inéditas de Renato Russo. Por isso, começou a ser apurado pela polícia o crime de violação de direitos autorais. Conforme o Jornal O dia, o advogado do dono do estúdio em que foi apreendido o material com canções preferiu não se pronunciar.

Fonte: Rolling Stone | Foto: Divulgação