Plebe Rude lança “Primórdios”, álbum com faixas inéditas, compostas entre 1981 e 1983

A banda Plebe Rude disponibilizou ontem, sexta-feira (20), em todas as plataformas de streaming, o álbum “Primórdios”.

O trabalho reúne faixas compostas entre 1981 e 1983, e, dentre elas, nove músicas inéditas. Trata-se de um conteúdo ao vivo, gravado no final de 2017 durante um show no Espaço Som, em São Paulo, produzido pelo Showlivre.com e dirigido por Walter Abreu e Rapha Al.

A ideia do álbum surgiu após o lançamento do livro “Meninos em Fúria”, uma co-autoria do integrante Clemente Nascimento (guitarra e voz) e do escritor Marcelo Rubens Paiva, quando Philippe Seabra (guitarra e voz, igualmente) viu a necessidade de também resgatar suas memórias para um futuro livro – ainda em fase de escrita.

A escolha por São Paulo para a gravação é uma declaração de amor da banda à cidade onde conheceram o punk no sentido literal, apresentado por Clemente, e onde tocaram nos espaços undergrounds que marcaram a história, como Napalm, Rose Bom Bom, Madame Satã e Tifon .

“Esse registro é mais que um resgate. É a comemoração de um tempo onde a música conectava as pessoas. Onde o faça-você-mesmo dependia de amigos, suor e lágrimas. Onde o mundo era muito maior do que parece hoje e tínhamos que nos unir para não sermos engolidos pelo sistema. São músicas rústicas, inocentes e simples, mas feitas numa época que o que importava era estar no palco cantando para gente igual a você, sobre problemas em comum: falta de perspectiva, tédio, desinformação, censura, controle e adolescência”, conta André X.

Assista a gravação de “Primórdios”:

1. Cavalaria Rusticana
2.Nada (Original)
3.Bandas Bsb
4.Pressão Social
5.Tá Com Nada
6.Pirataria
7.Consumo
8.Dança Do Semáforo (Part.Gabriel Thomaz E Erika Martins Do Autoramas)
9.Sexo E Karatê
10.Festas
11.Moda
12.Voto Em Branco
13.Ditador
14.48
15.Voz Do Brasil
16.Disco Em Moscou
17.Censura
18.Disco Em Moscou (Versão Estúdio)

Fonte: Rádio Rock