Pearl Jam passa a fazer parte do Rock and Roll Hall Of Fame

O Pearl Jam entrou na noite de sexta-feira (07) para o Rock And Roll Hall Of Fame, em uma cerimônia no Barclays Center, em Nova York.

Antes dos homenageados da noite, a cerimônia de indução da turma 2017 abriu com um tributo a Chuck Berry. “Nenhum de nós estaria aqui se não fosse por ele. Dizemos adeus ao pai e fundador do Rock”, disse Jann Wenner, criador da Rolling Stone e membro do conselho. Chuck faleceu dia 18 de março, aos 90 anos. Jeff Lyne e a Electric Light Orchestra ainda executaram uma versão de “Roll Over Beethoven”.

A apresentação do Pearl Jam foi realizada pelo apresentador de TV David Letterman, que de última hora substituiu Neil Young que não pode comparecer ao evento por motivo de saúde.

No discurso dos músicos, Eddie Vedder destacou o ativismo no universo do rock dizendo que as mudanças climáticas estão acontecendo, e que as pessoas precisam entender que isso não pode ser encarado como notícia falsa, como alega o atual governo americano.

O vocalista também agradeceu a todos os bateristas que passaram pela banda, ressaltando que cada um deles fez a sua devida contribuição.

A banda encerrou a noite de homenagens com todos os membros da formação atual e o baterista Dave Krusen sendo aceitos na instituição. O número musical contou com “Alive” (Dave na bateria), “Given To Fly” e “Better Man”. Fechando a noite, “Rockin’ In The Free World”, com Pearl Jam, membros de Rush (Alex Lifeson e Geddy Lee), Journey (Neal Schon e Jonathan Cain), Yes (Trevor Rabin) e Dhani, filho de George Harrison.

All-star Jam ?

Uma publicação compartilhada por shara (@boomtisca) em

Além de Pearl Jam e Yes, Journey, Electric Light Orchestra, Joan Baez e Tupac Shakur foram introduzidos ao Rock And Roll Hall Of Fame neste ano.

Fonte: Rádio Rock  / Van do Halen