Paul McCartney reclama de livros de história com os Beatles

O ex-beatle Paul McCartney afirmou ontem (29), em uma conversa com fãs em seu site oficial, que o fato de os Beatles estarem em alguns livros de história é algo inacreditável, beirando o “ridículo”. Mas não deixou de ressaltar que é lisonjeiro.

Na conversa, Paul disse que não acredita que o estudo teórico possa fazer de uma pessoa um grande músico, mas reconheceu a importância de escolas de ensino superior como a Liverpool Institute for Performing Arts (LIPA), da qual é cofundador.

“Mas achar que você vai à escola e sairá como Bob Dylan é muita ingenuidade. Alguém como Bob Dylan não pode ser feito em uma fábrica”, disse o baixista. “Foi uma das primeiras decisões sobre as políticas da LIPA: ‘Queremos treinar pessoas para serem versáteis. Dar-lhes o máximo de informação. Mas não dá para dizer como se tornar um Bob Dylan ou John Lennon, porque ninguém sabe fazer isso.”

Fonte: Rolling Stone Brasil

Fer Machado

Diretor Artístico Rádio UCSfm