Para Paul Stanley, biografias dos outros membros do KISS são lixo

Em entrevista ao Patcast, Paul Stanley explicou porque foi o último dos quatro membros originais do KISS a lançar sua biografia oficial. “Esse não é o quarto livro do KISS, mas uma obra de Paul Stanley. Não fizemos uma série onde eu fui o último. Nem quero ter alguma associação com os livros dos outros, pois a maior parte do que há lá é lixo. Autobiografias costumam ser cartas de amor a si mesmo. A de Gene conta com várias passagens que ele exalta como feitos próprios, quando na verdade era eu que tinha feito aquilo. Quanto aos outros dois, a verdade é que há um motivo pelo qual advogados não usam viciados como testemunhas em julgamentos”.

Fonte: Van do Halen

 

Fer Machado

Diretor Artístico Rádio UCSfm