Nomadland é o grande vencedor do Oscar 2021

O grande vencedor do Oscar 2021 foi o filme “Nomadland”, dirigido por Chloé Zhao. A produção recebeu as premiações de Melhor Filme, Melhor Diretora e Melhor Atriz para Frances McDormand. “Nomadland” trata de personagens errantes, nômades, que vagam pelos Estados Unidos. A premiação deste ano anunciou a categoria de Melhor Filme antes de Melhor Ator e Melhor Atriz, fato incomum na história, mas que valoriza as categorias de atuação como as mais importantes da noite.

+

Chloé Zhao foi a segunda mulher em 93 edições a receber essa categoria do Oscar. Há 11 anos uma mulher não vencia, desde Kathrin Bigelow, com “Guerra ao Terror”, em 2010. Com dez indicações, a produção “Mank” levou os prêmios de Direção de Arte e Fotografia, enquanto O Som do Silêncio recebeu duas estatuetas: os prêmios de Melhor Som e Melhor Montagem. A produção Meu Pai recebeu o prêmio de Melhor Roteiro Adaptado e também de Melhor Ator para Anthony Hopkins, enquanto “Bela Vingança” abarcou o prêmio de Roteiro Original. O prêmio de Melhor Animação e de Melhor Trilha Sonora Original foi para “Soul”, um filme que trata do propósito da vida de um professor de música que quer tocar com uma diva do jazz e a sua lição para uma alma que não quer vir à vida.

+ Almanaque da Música UCSfm | 26 de abril

“A Voz Suprema do Blues” arrebatou dois prêmios, tais como Melhor Maquiagem e Cabelo; e Figurino. Os prêmios de atuação coadjuvante foram para Yuh-Jung Youn por Minari (atriz) e Daniel Kaluuya por “Judas e o Messias Negro”, que também levou o prêmio de canção para “Fight for You”. O Melhor Filme Internacional foi “Druk: Mais uma Rodada”, de Thomas Vinterberg (Dinamarca). Um momento emocionante foi a homenagem aqueles que morreram no mundo da cinema desde a última edição do Oscar, nomes como Sean Connery, Max Von Sydow, Kim-Ki Duk, Bertrand Tavernier, Jean-Claude Carrière e Chadwick Boseman, entre outros.

Fonte: Correio do Povo | Foto: Divulgaçã