Músico de black metal é preso por incendiar igrejas nos EUA

Holden Matthews, de 22 anos, foi preso após admitir ter ateado fogo em 3 igrejas batistas na região da cidade de Opelousas, localizada no estado norte-americano de Luisiana. De acordo com os promotores responsáveis pelo caso, ele teve como principal motivo para executar os atentados “melhorar o status” dele como músico de black metal. Os ataques foram feitos em um período de 10 dias, e o primeiro deles aconteceu no fim de março de 2019, e todas as igrejas que Matthews admitiu ter incendiado faziam parte de congregações afro-americanas.

+ ‘Kiss Day’ é criado na Carolina do Sul

Todos os templos foram completamente destruídos pelo fogo iniciado por ele, e ainda não há confirmação se também houve motivações racistas. Ninguém saiu ferido, pois os atentados foram feitos durante a noite. A pena pelos crimes pode variar entre 10 e 70 anos na cadeia, e vai ser decidida no julgamento agendado para o dia 22 de maio.

Fonte: Rolling Stone | Foto: Divulgação