Museu infantil remove itens de Michael Jackson após denúncias de abusos

Após o lançamento do documentário Deixando Neverland, o museu infantil The Children’s Museum of Indianopolis, na ciadade de Indianápolis, nos Estados Unidos, retirou itens de Michael Jackson após os relatos de abusos sexuais infantis exibidos no longa. Uma das icônicas luvas de Jackson, comprada em um leilão em 2017, e um pôster autografado pelo cantor estavam em exposição no museu até o início deste mês. Com a estreia do documentário, os curadores decidiram remover os itens.

+ Baixista salta na plateia para impedir fã de bater em mulheres

“Quando você aprende novas histórias ou olha para algo histórico de uma maneira diferente, às vezes, é necessário reavaliar o que é apropriado estar em exibição”, disse o diretor das coleções do museu, Chris Carron. “Quando montamos exposições, observamos os objetos e a sua associação com as pessoas. Obviamente queremos colocar histórias na frente dos nossos visitantes mostrando pessoas com um bom caráter”, acrescenta.

No Brasil, a estreia do documentário foi transmitida pela emissora HBO, no último final de semana, e já está disponível na plataforma de streaming HBO GO.

Fonte: Rolling Stone Brasil