Muse lamenta o estado atual da indústria fonográfica e deve demorar a lançar um novo álbum

O Muse revelou que pode demorar um pouco antes de lançar “qualquer coisa perto de um álbum” e põe a culpa no estado atual da indústria fonográfica e a forma como as pessoas consomem música. O último trabalho de inéditas da banda foi “Drones”, de 2015.

“Eu acho que a indústria mudou muito desde que começamos, certamente desde que lançamos nosso primeiro disco. Mas mesmo nos últimos cinco ou seis anos, o streaming tornou-se a forma como a maioria das pessoas parece consumir música hoje em dia e acho que isso afetou a forma como as pessoas escutam música”, disse o baixista Chris Wolstenholme à Music Feeds. “As pessoas tendem a não consumir álbuns inteiros como eles faziam quando eram mais jovem. Parece que toda a indústria e as plataformas para ouvir música são atendidas por pessoas que ouvem músicas avulsas e criam suas próprias listas de reprodução e coisas assim”, disse Wolstenholme, que explicou também que há “menos pressão” na liberação de músicas de forma avulsa. “Eu acho que, ao longo dos anos, tudo girou em torno de uma campanha de álbuns, com diversos singles para promovê-lo. Eu acho que todos nós sentimos que, com a maneira que os streamings funcionam hoje em dia e que há tanta ênfase em canções individuais, não havia razão para não experimentarmos este formato”, concluiu.

Fonte: Rockline