Morto em 1991, Freddie Mercury ainda manda presentes de Natal para amigos e parentes

Mesmo morto há 28 anos, o vocalista Freddie Mercury continua a dar presentes de Natal para seus amigos próximos, parentes e afilhados. O cantor, que perdeu a batalha para a AIDS em novembro de 1991, deixou programado vários presentes através da loja de departamentos Fortnum & Mason, de Londres. Todos os amigos e parentes que estão em uma lista deixada por Mercury na loja recebem, anualmente, uma cesta de natal. A conta é paga pelo espólio deixado por ele, estimado em milhões de libras. Um porta-voz da loja deu uma declaração para o MailOnline.

Nós acreditamos que é um gesto adorável. O que sabemos é o que acontece na ocasião (do Natal)”, comentou.

Freddie sempre foi conhecido por sua generosidade para com as pessoas que amava. Há dezenas de relatos sobre isso feitos pelos amigos. Um deles é Elton John, que falou sobre o assunto na nova autobiografia.

+ Facebook é hackeado e vazam dados de 267 milhões de usuários

Na manha de Natal, Tony King (um dos grandes amigos de Mercury) apareceu e me deu uma fronha. Como você leu no livro, meu nome de drag é Sharon e Freddie era Melina. Na linda fronha havia (uma) pintura em aquarela.“Na nota que acompanhava, dizia: ‘Querida Sharon, vi isso em um leilão e pensei que você iria adorar. Amo você, Melina'”, contou o astro.

Elton disse ter se emocionado com o gesto.

Ele estava morrendo e ainda pensava nos amigos. Ainda tenho a fronha ao lado da minha cama. Esse é o tipo de pessoa que ele era. Ele era tão cheio de amor e vida”, afirmou Elton John.

Fonte: Cena Pop | Foto: Divulgação