Mãe de Nicolas Cage, Joy Vogelsang morre aos 85 anos

A ex-dançarina Joy Vogelsang, mãe do ator Nicolas Cage e do diretor Christopher Coppola, morreu no último dia 26 de maio, aos 85 anos. A notícia foi confirmada recentemente por Coppola no Facebook. O cineasta de filmes como “Engano Mortal” e “Viúva Drácula” escreveu que a mãe “viveu uma vida difícil, com problemas de saúde mental”, mas mesmo assim conseguiu ensiná-lo lições muito importantes.

+ A Última Floresta vence prêmio no Festival de Berlim

Ela me disse que eu era afetuoso, mas eu tinha vergonha deste tempo. Achava que era uma coisa ruim, risível. Minha mãe me olhou profundamente e disse que minha afeição era uma coisa boa, natural, que eu não deveria sentir vergonha. Eu aprendi com ela o que afeição realmente significava. Acho que só uma mãe é capaz de ensinar isso de verdade. Não é sobre amar o próximo – é menor que isso, mas ao mesmo tempo maior. É sobre apertar a mão de alguém com gentileza e significado. É sobre não deixar que sua cabeça duvide quando o seu coração diz para você abraçar alguém. É sobre fazer com que seus beijos sejam sinceros e certificar-se de que você esteja presente em cada momento deles”, contou Coppola que também agradeceu as mensagens dos fãs.

Joy Vogelsang foi casada com August Coppola, o irmão de Francis Ford Coppola (O Poderoso Chefão), entre 1960 e 1976. Além de Christopher e Nicolas Cage, o casal também teve um terceiro filho, o também ator Marc Coppola.

Fonte: Omelete | Foto: Divulgação