Madonna revela contaminação por coronavírus em Paris

Uma semana após revelar ter anticorpos do coronavírus em seu “diário da quarentena”, Madonna revelou ter sido contaminada com a doença durante a última turnê que realizou em Paris, entre o final de fevereiro e o começo de março.

Não estou doente neste momento. Quando você testa positivo para anticorpos isso quer dizer que você teve o vírus, como eu claramente tive quando fiquei doente no final de minha turnê em Paris há sete semana”, escreveu a cantora de 61 anos.

+ EUA fará show com distância segura entre o público

A estrela também revelou que, além dela, vários artistas que faziam parte do espetáculo também apresentaram sintomas da doença, mas ninguém suspeitou que pudesse estar contaminado com a Covid-19. No primeiro show da turnê Madame X em Paris, em 22 de fevereiro, a cantora subiu no palco com três horas e meia de atraso, gerando especulações na época sobre sua saúde e problemas técnicos na emblemática sala Grand Rex, que abrigou o evento.

Todos pensávamos que tivéssemos uma gripe muito forte. Graças a Deus estamos todos saudáveis e bem agora”, comemorou.

Os últimos quatro shows da turnê de Madonna em Paris, no início de março, tiveram de ser cancelados. Na época, o governo francês anunciou a proibição de espetáculos e eventos com grandes aglomerações para tentar evitar a propagação do coronavírus.

Fonte: G1 | Foto: Divulgação