Livro sobre legado de José Zugno é lançado em Caxias

O livro A Palmeira Humana Memórias do Naturalista e Escritor José Zugno é lançado nesta quarta-feira (27), às 18h30, no Museu dos Capuchinhos. Na ocasião também ocorre a abertura da exposição Memórias e Coleções do Naturalista José Zugno, resultado de mais de 10 anos de resgate, organização e catalogação do acervo de José, também desenvolvido por Ricardo. A mostra pode ser conferida até 17 de abril de 2020, de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. O livro é uma biografia do ambientalista, escritor e engenheiro agrônomo José Zugno, produzida pelo filho e jornalista, Ricardo Zugno. Conversamos com o autor do livro no programa Café com Notícias, apresentado pelo jornalista Eduardo Borile Júnior. Ouça a entrevista na íntegra:

+ Espetáculo ‘Moinho Nômade’ é apresentado no Ordovás, em Caxias

O principal legado de José Zugno é a paixão pela natureza… a paixão pela harmonia da natureza com os homens e os homens entre si. O cuidado que você tem com uma árvore, vai te questionar o relacionamento que tu tens com as pessoas”, comentou Ricardo Zugno.

José Zugno: o ambientalista atuou como titular da Diretoria de Fomento e Assistência Rural além de professor de Botânica nos colégios São Carlos e São José e na antiga Faculdade de Filosofia, em Caxias do Sul. Além disso, foi secretário do meio ambiente por nove mandatos.

Lançamento do livro A Palmeira Humana Memórias do Naturalista e Escritor José Zugno
Quando: 27 de novembro (quarta-feira), às 18h30
Onde: Museu dos Capuchinhos (Rua General Mallet, 33A – Bairro Rio Branco).
Investimento: R$ 60 | Mais informações: (54)3220-9565

Central de Conteúdo UCSfm