Led Zeppelin | Capa do álbum ‘Houses of the Holy’ é banida do Facebook

A capa do icônico álbum Houses of the Holy, de 1973, do Led Zeppelin está enfrentando problemas de censura dentro da plataforma do Facebook, conforme relatou reportagem da Classic Rock. O site diz que a rede social aparentemente baniu a clássica arte de capa do designer gráfico Aubrey Powell, que mostra crianças nuas subindo a Calçada dos Gigantes, na Irlanda do Norte.

Posts da página oficial do Led Zeppelin e de fãs que continham essa imagem do disco foram removidas pelo Facebook, o que gerou uma petição na Change.org para que a rede cancelasse essa censura. O curioso é que até mesmo a publicação desse abaixo-assinado online foi apagado pelo Facebook, porque a imagem em miniatura usada para sinalizar o evento era a capa do álbum.

+ 70% das pessoas buscam novos artistas após terminarem relacionamentos, diz pesquisa

A imagem é, provavelmente, vítima dos filtros automáticos do Facebook que usam algoritmos para filtrar conteúdo de pedofilia, imagens horripilantes e publicações ilegais. De acordo com a Classic Rock, apesar de seus méritos artísticos e que represente a inocência da infância, faz sentido que a capa de Houses of the Holy possa ter sido identificada como conteúdo pedófilo por um moderador que nunca ouviu falar em Led Zeppelin, bloqueando a imagem pelo fato de tecnicamente incluir nudez infantil.

Fonte: Rádio Rock