John Prine, grande nome do folk, morre de Covid-19

O cantor John Prine, um dos maiores nomes do folk e da country music, morreu nesta segunda-feira (7) aos 73 anos de complicações relacionadas à Covid-19. A família de Prine confirmou o falecimento à revista Rolling Stone. O músico estava hospitalizado desde o início do mês passado, quado surgiram os primeiros sintomas da doença gerada pelo novo coronavírus, e passou 13 dias em uma unidade de terapia intensiva. A esposa e empresária de Prine, Fiona, anunciou em 17 de março que ele havia testado positivo para a Covid-19, após o retorno de uma turnê européia.

+ John Fogerty toca clássico do Creedence com os filhos

Prine ganhou destaque na cena folk do final dos anos 1960 em Chicago e escreveu canções que se tornariam clássicos, como Angel From Montgomery, Hello In There, Bruised Orange, Sam Stone, Speed ​​Of The Sound of Loneliness, entre outras. As músicas de Prine também ganharam releituras feitas por nomes como Bonnie Raitt, Johnny Cash, Jason Isbell, Brandi Carlile, Kris Kristofferson, Dwight Yoakam, The Everly Brothers e muitos outros artistas. Pra resumir a importância de John Prine, basta dizer que ele foi um dos compositores preferidos de Bob Dylan.

Fonte: Rádio Rock | Foto: Divulgação