Hospital Geral recebe novo equipamento para radioterapia

Visando expandir, atualizar e aprimorar a prestação do serviço de radioterapia, o Hospital Geral de Caxias do Sul participou do Plano de Expansão em Radioterapia no SUS (PER-SUS), projeto do Ministério da Saúde, conforme decreto de 1º de janeiro de 2019, publicado no Diário Oficial. Em meados de junho de 2019, houve a assinatura do termo de compromisso e, contemplada com um Acelerador Linear Clinac CX, a instituição de saúde recebeu o equipamento no dia 27 de março, em sua Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (UNACON).

+ Legião Urbana: STJ analisa terça (6) questão sobre propriedade

O novo Acelerador Linear Clinac CX, da marca Varian, diferencia-se do equipamento já em uso no Hospital por apresentar duas energias de fótons e cinco elétrons, o que qualifica ainda mais o serviço prestado. O equipamento produz feixes de raios-X e elétrons com alta energia, que são utilizados para tratamento de vários tipos de tumores benignos e malignos, e também de algumas lesões de pele.

No serviço de radioterapia da Unidade de Alta Complexidade em Oncologia do HG, os equipamentos são de alta complexidade, por isso, o prédio conta com estrutura física específica. O aparelho foi instalado em uma sala com paredes de concreto de alta densidade e funciona como um tubo de raios-X convencional, porém, produz radiações com energia mil vezes superior. O atendimento, no primeiro andar da Unidade, vai ser realizado por uma equipe formada por seis técnicos de radioterapia, seis médicos radio-oncologistas, dois físicos-médicos, uma enfermeira, uma técnica de enfermagem e duas recepcionistas.

Benefícios

O recebimento desse equipamento otimiza o atendimento e o acolhimento ao usuário, melhora a unidade de diagnóstico, a internação e o tratamento clínico oncológico do Hospital Geral, evita possíveis interrupções por conta da necessidade de manutenção corretiva, e viabiliza um maior número de atendimentos por dia, ao dimensionar os pacientes em duas máquinas, além de evitar a sobrecarga de um único aparelho. A segunda unidade contribuirá, dessa forma, para a maior qualidade, conforto e aumento de oferta de vagas para o tratamento otimizado de câncer aos usuários do Sistema Único de Saúde.

Central de Conteúdo UCSfm