Hospital Geral recebe dez leitos de UTI do Governo do RS

Dez novos leitos de UTI adulta, R$ 400 mil mensais a mais para custeio e comprometimento com a retomada do financiamento da obra de ampliação do Hospital Geral. Estas foram as medidas anunciadas e resultantes da visita do governador Eduardo Leite ao estabelecimento de saúde gerido pela Fundação Universidade de Caxias do Sul no último sábado (16). Na ocasião, também foi apresentado ao chefe do Executivo estadual o ventilador pulmonar Frank 5010, desenvolvido por um grupo voluntário de engenheiros e empresários locais, sob orientação técnica do HG e coordenação do Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação da Universidade de Caxias do Sul (TecnoUCS).

+ Ventilador pulmonar tem desempenho aprovado em teste com humanos

Na nova ala da UTI adulta, Leite conheceu os dez novos leitos, equipados com camas hospitalares, ventiladores pulmonares digitalizados, monitores de beira de leito, cama bomba para mediação e bomba para dieta, entre outros aparelhos. As unidades foram repassadas sob locação, somando um custo de R$ 180 mil mensais, pagos pelo Estado, como parte do plano de contingência elaborado pelo governo para enfrentamento da pandemia causada pelo novo coronavírus. Após esse período, o HG deve pleitear a compra para permanecer com os leitos. A nova UTI vai ser utilizada pelos pacientes em geral, enquanto a atual, onde existem outros dez leitos igualmente equipados, vai ser reservada aos pacientes da Covid-19, em boxes isolados.

+ UCS entrega 300 litros de solução que será doada às UBSs

Na coletiva de imprensa, Leite anunciou um incremento de R$ 400 mil na participação mensal do custeio do HG pelo governo do Estado, passando o repasse dos atuais R$ 3,3 milhões para R$ 3,7 milhões. Ele também reforçou o apelo de contribuição com o distanciamento social pela população. Ao final do encontro, o governador recebeu do reitor Evaldo Kuiava e do diretor geral do HG, Sandro Junqueira, a solicitação de apoio para a retomada das obras de ampliação do hospital, paradas desde janeiro de 2017. Com 60% do prédio construído, faltam R$ 11,6 milhões para a conclusão, que aumentará em 40% a capacidade de atendimento do HG, com a inserção de 118 novos leitos, passando dos atuais 237 para 355 leitos totais (de internação e de UTI – adulto, pediátrica e neonatal). O Hospital Geral é referência em saúde para 49 municípios integrantes da 5ª Coordenadoria Regional da Saúde, oferecendo atendimento universal e gratuito, 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS). | Foto: Felipe Dalla Valle

Central de Conteúdo UCSfm