Wolfgang Van Halen ficou chateado com tributo ao pai

Wolfgang Van Halen, filho de Eddie Van Halen, se mostrou magoado com a homenagem tributo que o Grammy Awards 2021 fez ao pai dele, o guitarrista do Van Halen, morto em outubro de 2020. A menção ao músico na premiação durou cerca de 15 segundos.

+ Yaphet Kotto, de 007 e Alien, morre aos 81 anos

Era o meu entendimento que haveria uma seção ‘In Memorian’, onde partes de canções de artistas lendários que se foram eram tocadas. Eu não tinha percebido que eles mostrariam apenas 15 segundos no meio de outras 4 performances para outros que perdemos. O que mais me chateou é que ele nem foi mencionado quando falaram de artistas que perdemos no começo do show. Sei que o rock não é o gênero mais popular agora (e que a Academia parece um pouco fora da realidade), mas acho impossível ignorar o legado que meu pai deixou no instrumento, no mundo do rock e na música em geral. Jamais haverá alguém inovador como ele”, escreveu Wolfgang Van Halen no Instagram.

Aos 30 anos e já tendo tocado contrabaixo na banda do pai, Wolfgang  também revelou que a Academia o convidou para tocar “Eruption” na premiação, mas recusou. Ao finalizar o desabafo, ele disse que, provavelmente, Eddie Van Halen nem ligaria para a homenagem tributo que o Grammy fez a ele.

Sei que meu pai provavelmente daria risada e diria: ‘Quem liga para isso?’. Ele vivia apenas pela música. O resto não importava”, opinou o filho de Eddie Van Halen.

Fonte: Rolling Stone | Foto: Divulgação