Gene Simmons, vocalista do Kiss, é processado por abuso sexual

Na última quinta-feira (6) uma mulher que optou por se manter anônima abriu um processo contra Gene Simmons, vocalista e baixista do Kiss, alegando ter sofrido abuso sexual. A vítima trabalha lavando louça no restaurante Rock & Brews, (que pertence a Simmons) e conta no depoimento que, após concordar em tirar uma foto com a funcionária, o músico “colocou à força a mão” no órgão sexual dela.  A mulher também alega ter visto ele se comportar “de forma sexualmente abusiva com outras mulheres” que trabalham no local, tocando cabelos e pedindo para elas “desabotoarem a camisa”. Essa não é a primeira vez que Simmons é acusado de assédio. Em 2017, o músico foi processado pelo mesmo motivo por uma jornalista. As questões jurídicas dessa acusação foram resolvidas no começo deste ano.

Colin Hay anuncia retorno do Men At Work

Fonte: Rolling Stone Brasil (via Kiss)