Freddie Mercury continua dando presentes de Natal a amigos

Mais de 28 anos após a sua morte, Freddie Mercury continua dando presentes de Natal para seus amigos próximos e familiares. Isso porque o saudoso vocalista do Queen deixou escrito em seu testamento um acordo vitalício com a loja Fortnum & Mason, de Londres, para que todos os anos ela enviasse uma cesta de Natal aos amigos e aos afilhados do músico.

Em declaração para o Daily Mail, um representante da F&M disse que é “um gesto adorável” que se repete, e também que a conta das cestas de Natal é assinada pelos responsáveis pela herança de Mercury. Apesar de marcante, já que atravessa quase três décadas desde que o músico se foi, essa não é a única atitude louvável do cara em relação ao seu dinheiro e às pessoas ao seu redor.

+ The Killers gera especulação sobre novo álbum; entenda

Quem falou a respeito recentemente foi Elton John em sua autobiografia, lembrando-se de um episódio também em uma manhã de Natal, quando Freddie Mercury já estava doente e o presenteou com uma obra de arte do seu artista favorito, Henry Scott Tuke, enrolada em uma fronha. Junto com ela, um recado que dizia “Querida Sharon, vi isto e achei que você iria amar. Amor, Melina.”

Sharon e Melina eram os nomes de drag que Elton John e Freddie Mercury haviam imaginado para eles e contado a respeito um para o outro. Elton John se emocionou e disse: “Eu tinha 44 anos de idade na época e chorava como um bebê. Ali estava um belo homem, morrendo de AIDS, e mesmo nos seus últimos dias ele conseguiu encontrar um belo presente de Natal para mim.”

Fonte: TMDQA!