Flores da Cunha determina fechamento do comércio

Por meio de um decreto que passa a vigorar a partir desta sexta-feira (20), o município de Flores da Cunha — assim como outras cidades da região — determinou o fechamento do comércio entre outras medidas locais a fim de reduzir o impacto do coronavírus entre a população. O decreto apresentado pelo prefeito Lídio Scortegagna no final desta quinta-feira (19), suspende uma série de atividades pelo período de 10 dias. Estão inclusos no documento serviços privados considerados não essenciais. Eventos e reuniões de qualquer natureza, de caráter público ou privado, incluídas excursões, cursos presenciais, missas e cultos religiosos ficam suspensos por 30 dias. Além disso, a determinação recomenda que o setor hoteleiro não receba novos hóspedes e a Indústria trabalhe com capacidade mínima ou até esgotar a matéria prima. As informações são do jornal Pioneiro.

+ ‘Natureza veio cobrar a dívida’, opina guitarrista sobre pandemia

Fonte: Pioneiro | Foto: Divulgação