Em áudio vazado, Tom Cruise grita e pede distanciamento

Tom Cruise deixou escapar uma aparente violação dos protocolos de segurança contra Covid-19 no set de filmagem, em Londres, do novo filme da série Missão: Impossível, dizendo aos membros da equipe que eles seriam demitidos se não obedecessem às regras, noticiou o jornal britânico The Sun na terça-feira (15). Em comentários cheios de palavrões capturados no áudio obtido pelo jornal, o ator e produtor do filme de ação gritou com a equipe sobre a falta de distanciamento social e outras regras que permitem que filmes sejam feitos durante a pandemia do novo coronavírus. Uma fonte próxima à produção disse que o áudio era autêntico. O representante de Cruise não quis comentar.

+ Billie Eilish | Confira trailer do documentário da Apple TV+

Vocês entendem a responsabilidade que temos? Porque eu vou lidar com a sua razão. E se vocês não puderem ser razoáveis e eu não puder lidar com a sua lógica, vocês serão demitidos”, disse o ator em áudio.

O The Sun não especificou quando o incidente ocorreu, mas os cineastas chegaram a Londres no início de dezembro. O sétimo Missão: Impossível foi um dos primeiros filmes a interromper sua produção por causa do novo coronavírus, em fevereiro, quando as filmagens em Veneza, na Itália, foram abandonadas. A produção foi retomada em setembro, com filmagens em Itália, Noruega e Londres, na Inglaterra. Em julho, Cruise apelou pessoalmente ao primeiro-ministro da Noruega para filmar partes do filme na Noruega sob regras de quarentena modificadas. Missão: Impossível é uma das maiores franquias de Hollywood. O filme da Paramount Pictures está programado para ser lançado em novembro de 2021.

Fonte: CNN | Foto: Divulgação