Ferrari do filme ‘Curtindo a vida adoidado’ será leiloada

Sabe aquela Ferrari do filme Curtindo a vida adoidado? Aquela mesma que os personagens tentam diminuir a quilometragem rodando o veículo na marcha ré, lembra? Então, ela não era de fato uma das poucas Ferrari 250 GT produzidas em 1961, como diz o personagem Cameron, interpretado por Alan Ruck. Para as gravações na rua, o diretor John Hughes usou duas “réplicas” feitas nos Estados Unidos, chamadas de Modena Spyder California. Uma delas será vendida em um leilão nos Estados Unidos no final de agosto. A casa de leilões Mecum não estima um valor para o modelo. Na última vez que um desses carros trocou de mãos, ainda em 2013, o comprador desembolsou US$ 230 mil (cerca de R$ 870 mil na conversão atual).

Lulu Santos assume relacionamento com jovem mineiro

Ainda assim é muito menos do que uma verdadeira Ferrari 250 GT Spyder California, que já chegou a US$ 8,5 milhões (R$ 32 milhões), em 2012. Em vez do motor V12 da Ferrari, a Modena GT Spyder California foi equipada com um V8 5.0. O exemplar que vai a leilão foi restaurado por 9 meses pelo próprio criador e presidente da Modena Design, Neil Glassmoyer. O comprador também vai levar um certificado de autenticidade e outros itens usados no filme de 1986. Um terceiro modelo foi produzido para a gravação, mas apenas com a carcaça, para ser usado na cena que sela um destino cruel para o carro.

Fonte: G1