Evento-teste reúne 5 mil pessoas em Liverpool

Um festival-teste com apresentações de Blossoms, The Lathums e Zuzu rolou na noite do último domingo (2) em Liverpool, na Inglaterra. O Sefton Park recebeu 5 mil pessoas – geralmente comporta 7,5 mil – sem exigência de que os participantes se distanciassem ou usassem máscaras. No entanto, todos tiveram de apresentar um resultado negativo de um teste PCR para entrar no local. O show foi uma espécie de “experiência científica” e toda a plateia se comprometeu a fazer novos testes daqui a cinco dias. Os pesquisadores têm em mãos todos os dados dos participantes para que possam rastreá-los e, assim, saber o quadro clínico deles dentro de um mês.

+ David Guetta e Afrojack lançam nova parceria; ouça Hero

O final de semana de “baladas-teste” em Liverpool. Nas noites da última sexta (30) e sábado (1°), uma rave reuniu 6 mil pessoas se aglomerando em uma casa noturna da cidade sem máscara ou distanciamento social, mas com o mesmo esquema de rastreamento do público. Outros eventos piloto estão programados para acontecer em todo o Reino Unido em maio, incluindo o BRIT Awards (no próximo dia 11 de maio) que vai ser palco de mais uma “aglomeração-teste”.

+ Almanaque da Música UCSfm | 03 de maio

Colocar locais de entretenimento e a vida noturna de volta à ativa é uma parte central do “roteiro” do primeiro-ministro Boris Johnson para reabrir a economia. A partir de 21 de junho, o governo local deve dar um sinal verde para que as casas noturnas voltem a funcionar exigindo algum tipo de “certificação covid”, como um resultado negativo do teste ou um comprovante de vacinação para conceder a entrada do público. O Reino Unido é um dos países mais avançados na campanha de vacinação em massa contra a Covid-19. Até este domingo (2) 49,8 milhões de doses da vacina já haviam sido aplicadas (cerca de 52% da população).

Fonte: Rádio Rock | Foto: Divulgação