EUA terá show com máscaras e distanciamento de público

Na próxima sexta-feira (15), o estado do Arkansas, nos Estados Unidos, vai ter um dos primeiros shows com público no país desde o início da pandemia do coronavírus que matou mais de 100 mil norte-americanos. Travis McCready, conhecido por integrar o grupo de rock com influências de country e blues Bishop Gunn é quem vai se apresentar, mas com casa “vazia” e uso de máscaras obrigatório. O show ocorre no TempleLive (foto), um teatro e casa de shows da cidade de Fort Smith, e ganhou muita notoriedade tanto pelo momento em que será realizado quanto pela tentativa de leitura quanto ao que esta apresentação representa no futuro do entretenimento. Segundo a Billboard, é um dos primeiros registros de shows nos Estados Unidos em meio à pandemia e tudo acontecerá com regras para manter certo distanciamento social.

+ É #FAKE que óbitos diminuíram após visita de ministro

McCready vai se apresentar para um público que terá de manter distância de dois metros para outros grupos de pessoas. A Ticketmaster, que comercializa os ingressos, criou o que chamou de “fan pods”, uma espécie de ilha, um local isolado para os grupos de pessoas que forem. Além disso, foram colocados a venda 80% da capacidade do teatro: 229 entradas das 1.100 que seriam possíveis na totalidade do espaço. Quem compra os ingressos, pode escolher entre duas a 12 unidades, formando estas ilhas onde amigos e/ou familiares verão os shows mais proximamente uns dos outros – mas afastados do restante dos fãs. Outras regras são a limitação a 10 pessoas por vez nos banheiros da casa e venda de bebidas pré embaladas e higienizadas. Os fãs vão ter a temperatura medida na entrada do local e haverá profissionais de limpeza limpando locais tocados pelos presentes.

Fonte: UOL | Foto: Divulgação