Estudantes da Serra estão na final da maior feira científica do Brasil

Quatro projetos de pesquisa de alunos da Serra Gaúcha são finalistas da 19ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, a Febrace, uma das mais relevantes feiras científicas do país. A Feira, que neste ano ocorre de maneira virtual, está sendo realizada entre 15 e 26 de março e conta com quatro projetos de pesquisa de estudantes da serra. Dos quatro trabalhos finalistas, dois são de alunas do Centro Tecnológico Universidade de Caxias do Sul – CETEC UCS. Além dos trabalhos produzidos pelas estudantes do CETEC, estão entre as finalistas pesquisas de alunos do IFRS – Campus Caxias do Sul e da EEEM Elisa Tramontina, da cidade de Carlos Barbosa.

+ Oasis: irmãos Gallagher podem estar produzindo filme

A pesquisa elaborada pelas alunas Jennifer Pereira Moreira e Nicole Peyrot da Silva, do CETEC UCS, intitulada como “Atividade antibacteriana do óleo essencial Zingiber Officinale frente a cepas de Staphylococcus aureus resistentes à meticilina”, foi credenciada junto à Febrace depois da 8ª Mostra Científica e Tecnológica da escola, realizada em 2020. O principal motivador para o desenvolvimento do trabalho surgiu de um problema que, nos últimos anos, está se tornando cada vez mais comum: a resistência que as bactérias vêm adquirindo frente aos antibióticos já existentes. A pesquisa foi desenvolvida dentro do Laboratório de Enzimas e Biomassas da UCS.

Feira Brasileira de Ciências e Engenharia

Promovida anualmente pela Escola Politécnica da USP e realizada pelo Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico- LSI-TEC, a FEBRACE é a maior feira brasileira pré-universitária de Ciências e Engenharia em abrangência e visibilidade. Seu objetivo é estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica e técnica, despertando novas vocações nessas áreas e induzindo práticas pedagógicas inovadoras nas escolas. Esta edição tem o patrocínio da Samsung, Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil, Petrobras, e apoio institucional do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

A etapa final está sendo realizada em uma plataforma virtual totalmente interativa. No hall de entrada, os visitantes podem acessar, em um mesmo espaço, todas as atividades da FEBRACE: podem assistir palestras e lives; visitar a mostra dos projetos, votar no preferido e deixar comentários; conhecer os estandes dos patrocinadores e até tirar foto para guardar de recordação. A plataforma virtual pode ser acessada aqui.

Central de Conteúdo UCSfm