É #FAKE que vídeo prove que é possível fraudar urna eletrônica

Um vídeo que tem circulado em aplicativos de mensagens mostra uma espécie de urna eletrônica feita em casa. Legendas dizem que as imagens provam que é possível alterar votos nas urnas brasileiras sem que isso possa ser identificado. É #FAKE. O vídeo foi editado a partir de publicação que deixava claro se tratar de um exemplo feito com um modelo amador para efeito didático. O equipamento demonstrado no vídeo tem configurações e software completamente diferentes da urna eletrônica real, protegida por criptografia e testada por especialistas antes das eleições.

+ Arctic Monkeys lança versão ao vivo de ‘505’; ouça

No vídeo, um homem utiliza uma versão amadora de uma espécie de urna eletrônica e ativa um modo que realiza uma nova votação e aponta a alteração de destino de parte dos votos simulados. Mas a simulação de urna apresentada no vídeo utiliza um equipamento que não está presente na urna eletrônica real. Além disso, a Justiça Eleitoral afirma que não é possível realizar a configuração mostrada no vídeo na urna utilizada nas eleições, graças à criptografia.

Brinquedos inteligentes

O trecho divulgado nos aplicativos de mensagem foi criado com a edição de uma postagem do último sábado (14) feita no canal Brincando com Ideias. Nele, o professor Flávio Guimarães ensina princípios básicos de informática e robótica utilizando brinquedos inteligentes.

Nossa intenção com o vídeo é ensinar tecnologia, jamais entrar em polêmica e muito menos discutir questões políticas”, disse Guimarães.

Fonte: G1 | Foto: Divulgação