É #FAKE que vacina chinesa causou mortes em Singapura

Circula pelas redes sociais uma mensagem que afirma que Singapura desistiu de continuar o teste com a CoronaVac entre 100 voluntários que tomaram a vacina após 48 morrerem e 32 terem graves problemas de saúde. É #FAKE. O que Singapura suspendeu temporariamente, no fim de outubro, foram os testes de duas vacinas contra a gripe – e não contra o coronavírus, como a mensagem falsa sugere. E nenhuma das duas vacinas suspensas é chinesa. O uso dessas vacinas foi retomado no início de novembro. Isso porque o governo concluiu, com base em estudos, que a probabilidade de a vacina contra a influenza ter causado as mortes é muito baixa.

+ É #FAKE que uso de máscara aumenta CO² no cérebro

A suspensão temporária ocorreu como precaução depois que 48 pessoas que receberam vacinas contra gripe na Coreia do Sul morreram. Nenhuma morte associada à vacinação contra a gripe foi relatada em Singapura. O país decidiu continuar com o programa de vacinação estatal, já que não encontrou ligação direta entre as mortes e as vacinas. Atualmente há apenas uma vacina candidata contra a Covid-19 sendo testada em Singapura.

Fonte: G1 | Foto: Divulgação