É #FAKE que revista de 2003 fale do novo coronavírus

Um vídeo que diz que o Sars-CoV-2, o novo coronavírus que já deixou quase 500 mil mortos no mundo todo, é o mesmo que gerou a epidemia de Sars está sendo muito compartilhado pelo WhatsApp. E a prova apresentada para isso é a edição de uma revista publicada em 2003. É #FAKE. O vídeo mostra um homem folheando a edição da revista “Saúde”, de maio de 2003, que tem uma reportagem sobre a Sars (a Síndrome respiratória aguda grave, também causada por um vírus), chamada no texto de “pneumonia asiática” e surgida no fim de 2002. Ele afirma se tratar do mesmo coronavírus identificado em dezembro de 2019. Só que os dois vírus são diferentes, apesar de ambos terem surgido na China, se propagarem da mesma maneira – pelo contato interpessoal, através de gotículas que contêm o vírus – e causarem infecções respiratórias, com sintomas parecidos com o da gripe.

+ É #FAKE vídeo com médicos celebrando fim da pandemia

Esse coronavírus já é velhinho, já era para estar sendo cuidado há muito tempo. Será que existe interesse mundial?”, diz um homem no vídeo fake.

Só que a epidemia de 2002-2003, que não chegou ao Brasil. Os casos e óbitos – cerca de 800 – não se espalharam tanto. Em seis meses, o Brasil conta mais de 50 mil óbitos pela Covid-19.

Fonte: G1 | Foto: Divulgação