É #FAKE que Brasil tem maior taxa de curados da Covid-19

Circula nas redes sociais uma tabela que coloca o Brasil como o país com a maior taxa de pessoas recuperadas da Covid-19 do mundo. É #FAKE. A mensagem lista o Brasil em primeiro, seguido de países como Espanha, Canadá, Itália, Japão e Estados Unidos, e usa dados de casos e de recuperados, partindo da base do site Worldometer, consultado no mundo todo. Acontece que o Brasil nunca esteve no topo do ranking com base neste cálculo na plataforma. A China, por exemplo, país onde teve início a pandemia, em dezembro do ano passado, aparece há tempos com um indicador mais elevado do que o brasileiro. São 78 mil recuperados. Feita a mesma conta que a mensagem utiliza, sobre o total de casos (83 mil), o índice chega a quase 95%. O país, porém, foi suprimido da tabela.

+ ‘John Wick 4’ ganha nova data de estreia; confira

A Worldometer agrega dados de milhares de fontes em tempo real, e fornece estatísticas globais sobre a Covid-19. A ferramenta não mostra essas taxas propaladas na mensagem falsa. Ela apenas fornece os dados brutos. Quando é feito o cálculo hoje com os números da Worldometer, como a mensagem falsa sugere, o Brasil aparece atrás de 121 países e territórios em taxa de recuperados na lista, que reúne 214 nações. É preciso ressaltar que há casos como o da Papua Nova Guiné, onde há apenas oito casos de coronavírus e oito recuperados, o que resulta numa taxa de 100% de recuperação. No entanto, há países como a Alemanha, com 168 mil casos totais e 140 mil recuperados, com uma taxa de 83%, e o Irã, que tem 103 mil casos totais e 83 mil curados (80%). Esses países não foram colocados propositalmente na tabela da mensagem falsa, para que ela pudesse continuar sustentando a tese de que o Brasil está na frente na lista. Além disso, a taxa do Brasil calculada hoje da mesma forma na ferramenta já é bem menor que a registrada na tabela (de 20 de abril), ficando em torno de 40%.

Fonte: G1 | Foto: Divulgação