Dublador Dário de Castro morre aos 72 anos, vítima de Covid-19

Dário de Castro, conhecido por suas dublagens em “Pocahontas” (Capitão John Smith) e “A Lenda de Tarzan” (Clayton), morreu na noite desta quinta-feira (15), vítima da Covid-19. A informação foi confirmada por amigos dele nas redes sociais.

+ Linda Perry lança nova música após 15 anos de hiato; ouça

Dário de Castro começou sua carreira na dublagem no famoso estúdio Herbert Richers, em 1978. Desde então, ele passou pela Televox, Tecnisom, e Peri Filmes. Ele também ficou conhecido por dar vozes aos atores Russell Crowe, Liam Neeson, William Hurt e Dolph Lundgren. Além de dublador, Dário era ator e diretor de dublagem.

Fonte: UOL | Foto: Divulgação