Disney diz que vai fazer menos filmes de ‘Star Wars’ e que lançar um por ano foi ‘erro’

A Disney planeja diminuir a velocidade no número de estreias da franquia Star Wars, declarou o presidente do grupo, Bob Iger, que reconheceu que foi um erro lançar um capítulo da saga a cada ano.

Tomei uma decisão sobre o cronograma (de estreias) e agora, quando olho para trás, vejo que cometi um erro, e assumo a culpa. Fui um pouco rápido demais. Podem esperar uma desaceleração, mas não significa que deixaremos de fazer filmes”, disse Iger ao site Hollywood Reporter em entrevista publicada nesta quinta-feira (20).

A Disney programou estreias anuais de filmes relacionados a Star Wars desde o lançamento de Star Wars: O Despertar da Força, em 2015, fazendo com que membros da indústria considerassem que podia acabar assustando os fãs mais furiosos. A mais recente estreia, Han Solo: uma história Star Wars, foi um relativo fracasso comercial, com uma bilheteria de US$ 400 milhões (R$ 1,6 bilhão) em todo o mundo, o que levou a pensar nesse esgotamento da história. O próximo capítulo da saga original de Star Wars, o episódio IX, está previsto para dezembro de 2019.

Mumford & Sons lança inédita ‘Guiding Light’ e anuncia novo disco

A Lucasfilm, que foi comprada pela Disney em 2012, anunciou em fevereiro que os criadores de Game of Thrones vão realizar uma nova trilogia sobre a épica guerra espacial. Os filmes de David Benioff e D.B. Weiss vão se distanciar da trama principal da família Skywalker e da nova trilogia que vai ser desenvolvida por Rian Johnson, o roteirista e diretor de Star Wars: Os Últimos Jedi.

Fonte: G1 | Foto: Divulgação