David Lynch lança maxi-single com edição limitada

Na metade do ano, o cineasta David Lynch lançou seu segundo álbum de estúdio. Apesar de ser rotulado pelo artista como “blues moderno”, The Big Dream é uma obra de post-rock, bastante experimental e com vários elementos de kraut-rock. O disco foi bem recebido pela crítica.

Quem curtiu o título pode comemorar. O músico-diretor está lançando um outtake. Bad The John Boy foi registrada durante as sessões de gravação do álbum, mas desde o início foi idealizada para não entrar no disco. A peça, conceitual, é um típico produto da mente do artista. Parece a trilha de uma película de horror vanguardista.

Bad The John Boy está sendo lançado como um maxi-single de 12 polegadas — em tamanho de um LP tradicional, com os sulcos extremamente espaçados, o que garante uma fidelidade de som altíssima — pelo selo Sacred Bones Records. Além da prensagem tradicional, o título está disponível também numa edição limitadíssima de apenas 250 exemplares, numerados a mão e com uma embalagem de luxo, selada com cera. No lado B desse bolachão há um remix de The Big Dream, a faixa que deu título para o último LP do artista.

Quem ficou curioso pode conferir Bad The John Boy aqui.

via – 180selofonográfico

Fer Machado

Diretor Artístico Rádio UCSfm