Andrea Bocelli doa plasma do sangue para pesquisa

O tenor italiano Andrea Bocelli fez uma doação de plasma sanguíneo para estudos que buscam uma cura para a Covid-19. De acordo com informações da agência de notícias Ansa, o artista esteve no Hospital Cisanello, em Pisa, para doar o material. Bocelli foi infectado pelo coronavírus em março e está recuperado. A esposa e os filhos do tenor também contraíram o vírus. O artista conversou com jornalistas do lado de fora do hospital e disse não ter tido nenhum sintoma além de febre leve. Segundo Bocelli, ele descobriu a infecção logo após entrar em vigor a quarentena nacional na Itália. Cerca de um mês depois, ele faria uma histórica apresentação na Catedral de Milão, vazia por causa da pandemia.

+ Spotify remove limite de 10 mil músicas salvas na biblioteca

Fiz o exame e vi que estava positivo. Honestamente, quando descobri, em 10 de março, pulei na piscina porque me sentia bem”, disse o tenor.

A Empresa Hospitalar-Universitária de Pisa conduz um estudo sobre a eficácia do plasma de pacientes curados da Covid-19 no tratamento de pessoas infectadas —a parte líquida do sangue carrega os anticorpos necessários para combater a doença. Essa terapia já vem sendo testada em diversos hospitais do país e também é alvo de um estudo de âmbito nacional liderado pelo Instituto Superior da Saúde (ISS) e pela Agência Italiana de Remédios.

Fonte: UOL | Foto: Brian Rasic