Coronavírus | Relatos brasileiros pelo mundo #4

Nesta quinta-feira (26), o programa Café com Notícias, apresentado pelo jornalista Eduardo Borile Júnior, seguiu com a série de relatos de brasileiros pelo mundo. Como outras cidades e países estão enfrentando o novo coronavírus? Em um trabalho de produção de Anderson Madalosso e Eduardo Borile Júnior, trouxemos vozes daqueles que testemunham este momento histórico. Uma das características mais marcantes do novo coronavírus é a rápida disseminação, obrigando pessoas do mundo inteiro a entrarem em quarentena e promoverem o isolamento social.

+ Coronavírus | Relatos brasileiros pelo mundo #3

O coronavírus fez as primeiras vítimas, no mundo, na Irlanda e na Suécia, ainda no dia 11 de março. A Suécia se tornou uma exceção na relação à pandemia de coronavírus, mantendo escolas abertas e adotando menos restrições. Atualmente, desde que o Reino Unido entrou em quarentena, na última segunda-feira (23), a Suécia é o maior país europeu com menos limites sobre aonde as pessoas podem ir e como podem fazer. Será que está seguro sair de casa? Quem atualizou a situação naquele país foi a Carolina Boschetti, direto de Estocolmo, capital da Suécia.

+ Coronavírus | Relatos brasileiros pelo mundo #2

+ Coronavírus | Relatos brasileiros pelo mundo #1

Nos EUA, na Flórida, praias, parques, restaurantes, bares, salões de beleza e muitos outros estabelecimentos comerciais estão fechados. Por lá, cerca de 460 mil pessoas receberam ordens para ficar em casa, por isso contatamos a Morgana Sasso, de Orlando, nos EUA. Já na Irlanda, a quarentena teve início no dia 13 de março, portanto completando 14 dias nesta quinta-feira (26). Por isso contatamos a Monique Angeli, da capital Dublin, para sabermos como está o dia a dia após os recomendados 14 dias de isolamento. Por fim, na Austrália, com a pandemia, os turistas sumiram, e o país usou isso a seu favor. Quem relatou a situação, direto de Brisbane, foi o Paulo Dornelles. Ouça, os relatos, na íntegra:

Central de Conteúdo UCSfm