Coronavírus | Lenda do afro-jazz é a 1ª celebridade vítima fatal

Hospitalizado depois de ter sido testado positivo para a Covid-19, Manu Dibango, saxofonista camaronês e lenda do afro-jazz, morreu aos 86 anos na França. A informação foi confirmada nesta terça-feira (24) por um dos responsáveis pela gravadora dele. O camaronês é a primeira celebridade mundial a morrer devido coronavírus. A vida de Emmanuel N’Djoke Dibango foi inteiramente dedicada à música. Ele ficou conhecido mundialmente com o sucesso de Soul Makossa, em 1972. Soul Makossa caiu nas graças de DJs de Nova York, e a canção conquistou os Estados Unidos. Manu Dibango chegou a acusar Michael Jackson de plágio em uma música do álbum Thriller e um acordo financeiro foi firmado e colocou fim ao litígio.

+ Coronavírus | Flip é adiada para novembro

Fonte: UOL | Foto: Sebastien Nogier